Disney e Apple teriam se fundido


Estivesse vivo, segundo Bob Iger, CEO da companhia do Mickey Mouse. Recentemente, o executivo deixou o conselho da Maçã por causa da competição entre as gigantes no setor de streaming, e aproveitou a ocasião para divulgar parte de seu livro em que fala da relação com a dona dos iPhones.

Bastante franca com Steve Jobs e se imagina tendo uma conversa com o antigo CEO da Apple sobre uma possível fusão entre a Apple e a Disney.

Que gostaria de ter na vida real", explica o executivo. "Mais do que isso, acredito que, se Steve ainda estivesse vivo, teríamos combinado nossas empresas, ou pelo menos discutido com seriedade o assunto.

Ainda assim, as duas companhias sempre mantiveram uma relação próxima, principalmente na era Steve Jobs.

Na época, tornou Steve Jobs o maior acionista único do grupo. A presença de Bob Iger no conselho da fabricante dos iPhones também garantiu proximidade e parcerias entre as companhias nos últimos oito anos.

Um comunicado dizendo que "sentirá falta das contribuições" do executivo e que pretende continuar sua relação amigável com a Disney.

Postar um comentário

0 Comentários