Google Assiste passa a identificar


Holandês, italiano e japonês. A novidade é a forma de classificação das vozes, feita por meio de cores e não mais de gênero. A mudança na forma de identificação, segundo a empresa, pode colaborar na hora da escolha.

Elas e achamos importante apresentar essas vozes para você sem rótulos", afirmou o gerente de produto do Google Assistente, Brant Ward no blog da empresa.

Geração do DeepMind, recurso que torna o som mais natural, com um bom ritmo e timbre. Isso colabora para que os usuários se sintam mais confortáveis ao usar o assistente virtual.

Oito idiomas (em 2017) para mais de 30 opções. Só nos Estados Unidos, os usuários podem escolher entre 11 vozes diferentes, incluindo a do cantor e compositor John Legend.

Postar um comentário

0 Comentários