O Mundo Sombrio de Sabrina


Também uma ponte entre a primeira e segunda parte da série. Ligando pontas soltas, esclarecendo algumas dúvidas e estabelecendo as relações para o retorno da série em abril de 2019.

Resgatar sua mãe do limbo. Susie (Laclan Watson) finalmente consegue o emprego temporário que sempre quis, mas Ros (Jaz Sinclair) pressente algo de errado. Tia Zelda (Miranda Otto) precisa decidir o que fazer com o bebê que resgatou de Father Blackwood (Richard Coyle). E claro, criaturas sobrenaturais  vem complicar tudo um pouco mais.

Foca nas festividades de solstício e sua relação com o Natal cristão, já que a religião das bruxas é uma espécie de anti-cristianismo. As celebrações servem de pano de fundo para mostrar como estes personagens estão após os eventos da temporada anterior.

Já Harvey (Ross Lynch), parece mais traumatizado com as descobertas. A família Spellman tenta proteger seu novo membro, especialmente Zelda. Enquanto a protagonista, continua causando confusão por causa de sua curiosidade e vontade de ajudar. Mostrando que a série pretende manter a vida dupla da "mestiça" apesar desta ter assinado o livro das trevas.

Infância de Sabrina, onde a versão mirim da bruxa é vivda por Mackena Grace. A contratação da requisitada atriz mirim (ela está, I, Tonya, A Maldição da Residência Hill, Capitã Marvel, Young Sheldon e Fuller House, apenas para citar os mais famosos), nos faz imaginar que veremos mais cenas do passado da protagonista. A promessa é de expandir o universo, explorar as relações entre os personagens, e sua reação a estes desafios.

O roteiro desta aventura em particular conta com algumas conveniências que podem incomodar alguns, em especial com relação à trama da mãe de Sabrina. Mas, ao menos parece encerrar esta ponta solta em particular.

Além de preparar o terreno para o que está por vir. Um gostinho extra, e muito bem vindo, deste universo que já coleciona fãs.

Postar um comentário

0 Comentários