Doping da Fifa no Mundial Sub-17


foi feita durante uma clínica de treinamento para árbitros no DF. No julgamento, Crema confirmou que tentou subornar o árbitro e apontou Paulo Henrique, gerente de futebol do Brasiliense, como mandante.

Na primeira instância, o fisioterapeuta foi suspenso em agosto por 360 dias, além de multa de R$ 10 mil.

Na segunda e última instância, em dezembro, ele teve a pena agravada para eliminação no artigo 241 do CBJD (Código Brasileiro Disciplinar do Futebol): dar ou prometer qualquer vantagem a árbitro ou auxiliar de arbitragem que influa no resultado da partida. Já Paulo Henrique foi absolvido da acusação por falta de provas.

Postar um comentário

0 Comentários