Elétricos novo Renault Zoe


O modelo agora é capaz de fazer 390 km com sua carga completa.

Europa desde 2012 As mudanças de visual não foram grandes, incluem alterações nos faróis e no para-choque, mas ainda sim fazem com que sintamos a diferença. A nova bateria de 52 kWh é o principal avanço, garantindo o tão importante aumento de autonomia, essencial quando o assunto são carros elétricos.

O interior foi repaginado e agora conta com assentos mais confortáveis, painel digital com controles e volante mais sofisticado, além de uma melhora geral no acabamento. Seu sistema de navegação também permite ver onde estão os pontos de recarga mais.

No entanto, em um carregador rápido, é possível recuperar metade da capacidade de rodagem da bateria em meia hora. Isto significa que, em uma emergência, não é necessário esperar muito tempo até poder seguir viagem. Já para quem gosta de altas velocidades, a nova versão traz boas notícias. O motor mais potente agora conta com 135 cv, fazendo com que o carro acelere até 100km/h em até 10 segundos.

Brasil, ainda pequeno e com poucas opções de modelos, marcas e preços, tem muito espaço para crescer. Sua versão 2018, já disponível no país, custa em média R$ 150 mil.

Próximo ano (2020) custando por volta de US$ 23 mil (cerca de R$ 100 mil). Não há data nem preços oficiais para lançamento no Brasil, porém a nova versão do modelo deve chegar no país ainda no próximo ano.

Postar um comentário

0 Comentários