CONFIRA

Game of Thrones Resenha


Game of Thrones,dizendo que queriam fazer a série por causa do Casamento Vermelho. Já faz anos que a trágica cena foi ao ar, será que o interesse diminuiu e a dupla foi tomada por uma pressa burocrática em terminar a trama.

Cresceu de mais ao assistir a sétima temporada desta produção da HBO. Ao invés dos dez episódios dos anos anteriores, a mais recente incursão em Westeros (só Westeros, desta vez não vimos absolutamente nada em Essos) teve apenas sete capítulos para fazer a história avançar para a reta final. O resultado? Muito teletransporte, várias falhas temporais e um abuso da capacidade da suspensão de descrença do expectador.

Leva certo tempo para viajar de um canto à outro. Mesmo quando não acompanhávamos a jornada, levava cerca de um episódio para se chegar em algum lugar. Com menos tempo para contar a história, esse tempo foi diminuído. Até aí não seria problema, compreendemos elipses, o problema é que o salto temporal não é o mesmo para todo mundo. 

Chegada do Bran na Muralha chega na casa dos Starks. O próprio Corvo de Três Olhos leva mais tempo para chegar em Winterfell que Jon na Ilha de Daenerys. O auge foi a maratona de Grendry, que enviou um corvo a jato para a mãe dos dragões, que por sua vez chegou para salvar todos em um dia e meio, tendo ela e o corvo percorrido meio continente de distância.

Estas escolhas foram as mais simples e óbvias, e ate mal executadas. O corvo sobre Bran na Muralha óbviamente não chegou para gerar um desencontro entre os irmãos. Já o tempo esquisito no cerco do "esquadrão suicida", poderia ter sido solucionando com alguém mencionando que "tantos dias" já passaram e que talvez o resgate nunca chegasse. Aliás, que plano mais absurdo esse, não é mesmo.

Acertada para o esmero da produção. A economia permitiu que caprichassem nos efeitos especiais, nunca vimos dragões tão realistas na TV. Uma pena que o lobo gigante Fantasma também tenha desaparecido em prol da economia para fazer Drogon, Viserion e Rhaegal.

Postar um comentário

0 Comentários