CONFIRA

Hackers russos estão atacando


Olimpíadas de 2020 estão sendo atacadas por hackers russos financiados pelo governo, de acordo com a Microsoft. A companhia revelou, em comunicado divulgado na última segunda-feira (28), que o grupo Fancy Bear é o responsável pelas tentativas de invasão.

Segurança e confiança do cliente da companhia de Redmond, foram detectados ataques a pelo menos 16 organizações internacionais desportivas e de antidoping, de três continentes, desde o dia 16 de setembro. A maioria não obteve sucesso.

Aplicaram penas severas a alguns atletas olímpicos da Rússia, deixando-os de fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, já que eles começaram pouco antes da divulgação de relatórios sobre uma possível ação da Agência Mundial Antidoping (WADA) contra tais esportistas.

Clientes que estavam entre os alvos dos cibercriminosos foram notificados e a empresa tem trabalhado com eles para evitar novos ataques, melhorando os protocolos de proteção.

Teria usado principalmente o golpe de phishing para tentar roubar as credenciais de acesso dos funcionários das entidades,segundo a Microsoft.

Eles também instalaram malwares nos smartphones e computadores de colaboradores e chegaram até a explorar brechas em dispositivos da internet das coisas.

De ingressos para as Olimpíadas de Inverno de 2018 após acusações de dopagem contra a equipe russa.Eles também estariam envolvidos em outros casos famosos, como a invasão dos servidores do Partido Democrata dos Estados Unidos em 2016 e os ataques ao parlamento alemão, dois anos antes.

Postar um comentário

0 Comentários