CONFIRA

Infertilidade masculina e câncer


Localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis”. A chance de ter a doença é de cerca de 0,07%, sendo o segundo tipo de câncer mais comum nos homens, depois do de pele.

Conceituada como “a dificuldade de um casal obter gravidez no período de um ano tendo relações sexuais sem o uso de nenhuma forma de anticoncepção”. Ela atinge cerca de 20% dos casais, nesse montante, a participação masculina é de 30%. Ou seja, as chances de que a infertilidade seja proveniente dos homens é de 0,06%.

Sendo de 0,07% a de infertilidade e 0,06% de câncer de próstata. Pois parece que a ciência também estava atenta a esses dados. Dessa forma, foi realizado um estudo para ver se havia realmente relação entre infertilidade masculina e câncer de próstata.

Próstata podem estar relacionados. Foram analisados dados de estudos anteriores, através de uma extensa revisão bibliográfica em estudos bem estruturados e com metodologia confiável, que sugerem a ligação.

Por 20 anos, mostrou que “homens que se tornaram pais por fertilização in vitro e ICSI tiveram um risco significativamente maior de câncer de próstata do que homens que tiveram filhos naturalmente”. A diferença fica ainda mais evidente quando se trata de casos diagnosticados antes dos 55 anos.

Realizada com 22.562 homens com infertilidade, mostrou que estes tinham 2,6 mais chances de ter câncer de próstata do que aqueles do grupo de controle, composto por homens que tiveram filho de forma tradicional. Há também indícios de que aqueles que nunca tiveram filhos tenham ainda mais chances de ter a doença.

Forte correlação de ambos com os hormônios masculinos. Nas páginas citadas do Ministério da Saúde, observou-se que tanto os problemas de infertilidade quanto os de câncer de próstata, tinham como uma das causas, as alterações hormonais.

British Medical Journal, “as possibilidades incluem uma associação genética entre microdeleções no cromossomo Y, que causam infertilidade masculina grave, e genes no mesmo cromossomo que estão associados ao câncer de próstata”. Ou seja, há relação entre alterações no cromossomo, que ocasionam ambas as condições.

Postar um comentário

0 Comentários