CONFIRA

Supergirl 2 temporada


Temporada, teria mais possibilidades de crossovers com Flash, Arrow e Legends, e talvez ganhasse um orçamento melhor para seu caricato departamento de maquiagem. Contudo, na empolgação, esquecemos de pensar no que a série poderia perder ou precisar adaptar com a mudança.

Curiosa relação tutora-aprendiz de sua Cat Grant com Kara, era um dos pontos fortes da primeira temporada. Sua saída não eliminou apenas uma relação interessante, mas também todo o "núcleo profissional" de Kara, exigindo dos roteiristas um esforço para remanejar personagens e por ordem na casa, o que nos leva à outras mudanças.

Novos chefes. Enquanto a mocinha resolveu ser jornalista e se mudou para a redação. O técnico de TI, foi incorporado no núcleo equipe do DOE, teve suas habilidades expandidas. Agora ele é hacker, especialista em aliens, faz trajes e tem uma personalidade que mistura as características de Felicity e Cisco (os nerds adorados em Arrow e Flash respectivamente).

Cargo de Cat Grant que parece estar além das qualificações do fotógrafo e faz parte de um núcleo extinto. A solução foi apelar para um enfadonho arco próprio, transformando o personagem em um vigilante que estaria melhor posicionado na série do arqueiro.

Antes os único alienígenas eram os fugitivos da zona fantasma. A super-população repentina de aliens não é bem explicada, mas trouxe bons novos personagens, e consequentemente arcos para a trama, como M'gann (Sharon Leal) e Mon-El (Chris Wood) o novo interesse amoroso da protagonista.

Postar um comentário

0 Comentários