CONFIRA

The Gifted


Logo não é surpresa que na TV as séries protagonizadas pelos personagens dos quadrinhos estejam se multiplicando a cada ano. Mesmo assim, demorou para que os mutantes da Marvel encontrarem um espaço para falar com o grande público. Apesar de excelente Legion é uma série quase experimental, que exige um espectador mais "dedicado" por assim dizer. Já The Gifted tem potencial para reunir a família toda na sala.

Condição de seus filhos é exposta ao mundo. Lauren (Natalie Alyn Lind, Gotham) e Andy (Percy Hynes-White) possuem o gene X. São mutantes em uma época de forte repressão, as pessoas com poderes estão sendo caçadas pelo governo e o programa Sentinelas. Os X-Men e a Irmandade desapareceram, a única alternativa da família é se unir a um grupo clandestino de mutantes tentando sobreviver.

 Além de se descobrir do outro lado da luta, o patriarca vai precisar rever muito de seus conceitos. A típica mãe de família Caitlin (Amy Acker) vai descobrir que o "sistema" em que confiava não funciona tão bem assim, na sua jornada para proteger os filhos.

Toda a escola em risco e forçando a irmã finalmente "sair do armário". As cenas em que Lauren explica para a mãe que é mutante, e os momentos em que os adolescentes experimentam seus poderes são o tipo de interação intimista que os filmes dos X-Men nunca tiveram tempo de explorar em meio a correria para sempre salvar o mundo.

Este último criado especialmente para série. Blink é uma recém chegada ainda lutando com a extensão de seus poderes. Já os demais tem um histórico de luta mais intenso com os Sentinelas, e agora tem que lidar com os filhos do cara que costumava caça-los.

Postar um comentário

0 Comentários