CONFIRA

Tudo sobre os Pixel 4 e 4 XL


Os aparelhos foram apresentados durante o evento Mady by Google '19, realizado em Nova York e com transmissão ao vivo do TecMundo.

Precisa convencer o consumidor que apostar nos celulares modernos é mais vantajoso do que na versão mais básica da linha anterior, o Pixel 3a. Basicamente, eles seguem a tradição das gerações anteriores, oferecendo a melhor experiência possível do Android e carregados de funções de câmera e Inteligência Artificial.

Mantém um padrão estético já há alguns anos. Em vez de "telas infinitas", a empresa adota um esquema mais padronizado para o display, com bordas finas nas laterais e um pouco mais espessas no topo e na parte de baixo do painel. Ao todo, o Pixel 4 tem 5,7", enquanto a versão "extra grande" optou por 6,3".

Atualização de 90 Hz um valor bastante alto, visto em poucos aparelhos no mercado, como o OnePlus 7T. Isso torna o modelo bastante indicado não só para games, mas para a exibição de qualquer conteúdo visual, já que torna as transições de imagem mais fluidas.

Na traseira, a Google adotou ainda mais simplicidade, com um material fosco e monocromático, mas um quadrado deslocado para o canto está lá para abrigar as câmeras, como a prórpia Google já havia divulgado há algumas semans. Por fim, o esperado: não há entrada para fones de ouvido, com apenas a conectividade USB-C para acessórios e o carregador. Pior que isso é o fato de que nem um fone de ouvido próprio para esse formato, nem um adaptador vêm inclusos na caixa.

Movimento, os dispositivos são capazes de fazer ações que antes não conseguiam e, segundo a fabricante, de uma forma melhor que as concorrentes. O chip fica posicionado no topo do aparelho, ao lado da câmera frontal.

Postar um comentário

0 Comentários