CONFIRA

Huawei anuncia notebooks


MateBook D, e o hardware dos dispositivos aliado ao design fino não foram o único destaque dos três novos produtos: a companhia confirmou que todos os modelos da série serão lançados com o Windows 10 pré-instalado. A novidade vem dias depois do Departamento de Comércio dos Estados Unidos aprovar uma solicitação da Microsoft para fazer negócios com a fabricante chinesa.

Implementar sanções que proíbem companhias com sede nos Estados Unidos de fazer negócio com a fabricante chinesa. Em setembro, a empresa até começou a lançar computadores com o sistema Deepin, baseado em Linux, para se tornar mais independente da dona do Windows 10.

A liberação vai até fevereiro de 2020 e o Departamento de Comércio está lidando com os pedidos enviados por companhias que pretendem voltar a ter relações comerciais com a gigante chinesa. Segundo o Gizmochina, mais de 290 solicitações foram feitas ao governo, mas parece que a Microsoft conseguiu certa prioridade.

Corpo fino e hardware potente. O MateBook D 15 possui tela Full HD de 15,6 polegadas que toma 87% da frente do dispositivo, com processador Intel Core i7 de décima geração, GPU Nvidia GeForce MX250, até 16 GB de RAM e armazenamento duplo, com 512 GB de SSD e HDD de 1TB.

MateBook D 14, que traz as mesmas especificações, mas com corpo ainda menor: a edição de 14 polegadas possui 15,9 mm de espessura, o mesmo que o MacBook Air da Apple, e pesa 1,38 Kg.

Postar um comentário

0 Comentários