CONFIRA

Papa pede que o Natal seja momento de fé


Com referência especial à dimensão familiar da festa.

Longe dos pais, põe-se a caminho e volta a casa; os irmãos tentam reencontrar-se. Que o Santo Natal seja para todos uma ocasião de fraternidade, de crescimento na fé e de gestos de solidariedade para com os que estão em necessidade”, disse, desde a janela do apartamento pontifício.

Praça de São Pedro, para a recitação dominical da oração do ângelus, tendo centrado a sua tradicional reflexão na figura de São José.

Soube “fazer a vontade de Deus”, mesmo quando confrontado com a gravidez de Maria, evitando uma denúncia que a teria levado à morte.

Olhar, procurando ver além. Trata-se de resgatar a surpreendente lógica de Deus que, longe dos pequenos ou grandes cálculos, é feita de abertura a novos horizontes, a Cristo e à sua Palavra.

José nos ajudem a colocarmo-nos à escuta de Jesus que vem e que pede que o ouçamos nos nossos projetos e nas nossas escolhas”, declarou.

Francisco apoiou na sua luta por uma “melhor qualidade do ambiente e um adequado cuidado da saúde”.

Recebeu as crianças assistidas pelo dispensário pediátrico “Santa Marta” no Vaticano, com familiares e voluntários.

Celebrado na última semana, as crianças rodearam o pontífice e apresentaram cânticos e animações sobre o Natal.

Postar um comentário

0 Comentários