CONFIRA

Star Wars A Ascensão Skywalker


O diretor do último filme da saga principal, J.J. Abrams, conversou com a Vanity Fair e explicou por que, para ele, era importante trazer coisas novas ao filme, inclusive no uso do poder dos Jedi.

Isso iria enfurecer algumas pessoas e emocionar outras”, explicou Abrams. “Entre essas coisas, não estão apenas novas maneiras de fazer sequências tradicionais, indispensáveis, sejam perseguições ou batalhas de sabres de luz. Queríamos garantir que esse filme também mostrasse aspectos da Força de maneiras que vão além do que você já foi visto antes”.

Novas pode fazer com que parte do público não goste do filme.

Contar uma história que não apenas parece inevitável, mas também surpreendente”, disse o cineasta. “Há pessoas que querem não gostar de algo e, sem dúvida, encontrarão algo que não irão gostar. E as pessoas que querem gostar, encontrarão o que gostar. Sinto que você é criticado por mudar demais, é criticado por não mudar o suficiente.

Reconheceu a importância de seu filme poder trazer coisas novas para a saga.

Futuro de Star Wars, mas o que posso dizer é que você não quer assistir a este filme para ver o que já foi mostrado antes”, disse Abrams. “Você quer assistir porque pode amar certos personagens e quer ver mais deles. Você quer ver algo que parece estar se movendo, que é chocante, que também é incrivelmente engraçado, que tem muita emoção. Mas você quer ter certeza de que está trazendo elementos que parecem expandir a história, mesmo que isso te leve ao final”.

Postar um comentário

0 Comentários