Trending

Fragmentos do OVNI de Ubatuba


Entrevistas disponíveis, onde os membros da CEFORA têm falado sobre suas interações com Luis Elizondo e o que aconteceu, como Andrea Simondini. Uma das pessoas que twittou sobre a história de ontem, Akam, descobriu algo incrível mais uma vez. Durante uma entrevista, Andrea Simondini, membro do CEFORA, afirmou que Luis Elizondo recebeu fragmentos do OVNI do famoso evento brasileiro de Ubatuba.

Conjunto ou colaboração em diferentes questões com a CEFORA, com pesquisadores argentinos e outros. O que você pode nos contar sobre isso em tempo hábil e eu também entendo que “ALGO” foi retirado do museu … mas, ei, primeiro conte-nos em que consistirá essa futura colaboração com Luis Elizondo, para a To The Stars Academy e com todo esse grupo.

Chique Escalada, o trabalho de Chico Jarola com os drones e o trabalho que o pessoal de San Juan vem fazendo; conversamos sobre os esforços necessários e o progresso alcançado com o uso de tecnologias de treinamento. E o que eu propus a ele foi que, o que quer que pudéssemos fazer juntos, deveríamos colocá-lo em um documento escrito descrevendo todos esses pontos.

Jacques Valle, eu disse a ele que faria isso, e ele respondeu muito gentilmente, dizendo-me que as informações sobre a análise que ele fazia eram todas públicas, que ele já apresentara esses resultados.

Descobriram a respeito da amostra. Em troca da peça, a ideia é receber financiamento para nossos projetos. Um deles será o Hangar 34. A ideia é, a partir de agora, também trabalhar em conjunto com o CRIFAT (Centro Regional Investigador de Fenómenos Aeroespaciales y Terrestres) no desenvolvimento desses projetos, uma vez que é um projeto regional. Além disso, a ideia é ter pesquisadores em tempo integral dedicados a esse projeto, o primeiro dos quais propus ser Luis Emilio Anino, para que ele desenvolva uma investigação verdadeira e total desse campo.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem