CONFIRA

Brecha no IE força Microsoft a atualizar


Desta vez, a companhia lançou um patch para o SO visando corrigir uma falha no Internet Explorer. Segundo a companhia, o problema é tão grave que a firma teve que entrar em ação e atualizar o antigo software novamente.

Javascript permitia acessar a memória do Internet Explorer no Windows 7. Com isso, um hacker que se aproveitasse da vulnerabilidade teria a capacidade de rodar códigos maliciosos e até tomar conta do sistema operacional por meio da brecha de segurança.

Deletar dados, ou criar contas com privilégios administrativos totais", explica a companhia. Segundo a Microsoft, a falha poderia ser explorada por meio de qualquer aplicativo com suporte para HTML, além de arquivos como documentos do Word ou também PDFs.

Criados especialmente para se aproveitar da falha presente no Internet Explorer. Apesar do perigo, a Microsoft disse que conseguiu corrigir a falha simplesmente alterando o funcionamento da engine problemática ao lidar com a memória do browser.

Em janeiro, mas a companhia ainda está de olho no SO para corrigir eventuais falhas de grande porte. Logo após o fim da cobertura de atualizações, a companhia liberou uma grande atualização para acabar com alguns erros presentes no sistema.

Postar um comentário

0 Comentários