CONFIRA

Sony e Facebook cancelam ida à GDC


Sony, com a marca PlayStation, e a rede social Facebook cancelaram suas apresentações na Game Developers Conference (GDC), feira de games que acontece a partir de 16 de março. O motivo para a ausência das companhias são as preocupações relacionadas ao COVID-19.

Por meio de um comunicado enviado à imprensa. "Preocupada com a saúde e segurança de nossos funcionários, parceiros de desenvolvimento e comunidade da GDC, a Facebook não comparecerá à Game Developer Conference deste ano devido aos riscos crescentes à saúde pública relacionados ao COVID-19.

Liderada por Mark Zuckerberg também é dona da Oculus, que trabalha com realidade virtual, tem uma plataforma própria para transmissão de conteúdos de games e recentemente comprou o estúdio de jogos PlayGiga. Segundo a rede social, as novidades que seriam apresentadas no evento serão reveladas em vídeos na internet e sessões de perguntas e respostas realizadas online.

Pouco depois da companhia também declarar que não vai participar da PAX East 2020, evento que ocorre no fim de fevereiro e teria a primeira demo disponível para o público de The Last of Us 2.

Ida aos dois eventos e usou a segurança de seus funcionários como justifica para a ausência. "Nós sentimos que esta era a opção mais segura, pois a situação está mudando diariamente", explicou a companhia, confirmando que pretende participar das edições futuras da conferência de desenvolvedores.

Prejudicados pela proliferação do novo coronavírus. Recentemente, a GSMA anunciou o cancelamento da Mobile World Congress, maior evento de celulares do mundo, após diversas empresas desistirem da feira por causa do COVID-19.

Postar um comentário

0 Comentários