Clique abaixo para manter o site online

Chip A12Z da Apple é basicamente


Vez que a Apple usa a letra "Z" como sufixo do modelo de um processador. Então, será que existe muita diferença entre o novo processador e o A12X usado no iPad Pro anterior?

Com uma arquitetura de 7nm, possuindo até 10 bilhões de transistores. Ele é composto por uma CPU octa-core, uma GPU de sete núcleos e um mecanismo de rede neural. O A12X pode executar até cinco trilhões de operações por segundo e também possui suporte para machine learning avançado.

Oitavo núcleo oculto da GPU está ativado, ou seja, tanto o a CPU quanto a GPU são octa-core. Como você já deve imaginar, isto melhora desempenho gráfico.

Vem com uma GPU de – estranhos – sete núcleos. Esta não é primeira vez que um fabricante desabilita um núcleo físico, a NVIDIA habilita todos os 4608 núcleos CUDA na Titan RTX enquanto fornece apenas 4352 núcleos na RTX 2080 Ti, embora ambos usem GPUs TU102.

Desativar um núcleo de GPU é que a ativação de núcleos ocultos em atualizações temporárias, como o A12Z, evita que precisem desenvolver o A13X e possam focar no desenvolvimento do A14X, que estará presente no iPad Pro 5G com previsão de lançamento ainda em 2020.

Baseado no A12X, aprimorando a arquitetura de dissipação de calor e espera-se que a frequência do CPU também seja maior.


FONTE: TECMUNDO

Postar um comentário

0 Comentários