Clique abaixo para manter o site online

Turbinas eólicas sem pás geram energia


Energia limpa ainda mais vantajosa não param de surgir – e um projeto propõe, agora, a construção de turbinas eólicas sem pás.

Primeiro momento, mas traz grandes vantagens em relação ao modelo convencional. Batizada de Vortex Bladeless, a estrutura é composta por cilindros oscilantes. Seu segredo reside na flexibilidade: esses postes, em vez de “coletarem” vento, vibram quando expostos a ele.

Não precisa de lubrificação e não possui peças que possam ser desgastadas pelo atrito. Por ser muito leve e ter o centro de gravidade mais próximo do solo, os requisitos de ancoragem ou fundação foram reduzidos significativamente em comparação com as turbinas comuns, facilitando a instalação”, conta o pesquisador.

85 centímetros de altura, já estão em funcionamento – e os testes são promissores: tudo indica que eles são capazes de produzir eletricidade 30% mais barata do que as turbinas com cata-ventos. “Para resumir, assumimos o desafio de desenvolver o dispositivo mais simples que se possa imaginar capaz de coletar energia do vento”, finaliza.

Desenvolvimento da novidade. David Yáñez, coordenador do projeto financiado pela União Europeia, está otimista com as possibilidades de aplicação no dia a dia de cidades comuns.

Colher o vento que passa sobre seus telhados ou através de jardins e parques, com dispositivos mais baratos de instalar e mais fáceis de manter do que as turbinas eólicas convencionais", afirma o pesquisador.

Postar um comentário

0 Comentários