Clique abaixo para manter o site online

Agências da receita federal do rio têm filas


Auxílio emergencial de R$ 600 tem causado filas nas agências da Receita Federal do Rio para regularização de Cadastros de Pessoas Físicas (CPF), exigência para conseguir o benefício.

Desde o início da madrugada nos postos da Receita Federal de diferentes regiões do Rio. Por volta das 6h50, uma fila grande já se formava em Campo Grande, Zona Oeste cidade. As agências da Receita só abrem as portas às 10h.

Principais avenidas do Centro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O mesmo panorama se repetia na Zona Norte, com aglomeração de pessoas ao longo de toda a calçada da agência da Receita Federal em Madureira.

Aqueles que estão no Cadastro Único, não recebem Bolsa Família e não têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal.

Cadastro com dados incorretos ou incompletos, pendências no Imposto de Renda ou com a Justiça Eleitoral.

Conferir se o documento está regular pelo site da instituição. Para a checagem, é preciso ter o número do documento e a data de nascimento.

Oferece duas opções online: uma delas é o formulário para alteração de dados cadastrais, como o estado civil ou endereço. A outra é pelo chat, que é a página para conversa online com um atendente.

Cadastro para pedir os R$ 600 o nome do requerente, o nome da mãe e a data de nascimento são iguais aos que constam na base de dados do órgão.

Trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs. Veja como deve ser o calendário de pagamento para todos os trabalhadores.



FONTE: G1 GLOBO

Postar um comentário

0 Comentários