Trending

Sinal vindo do espaço se repete a cada 157 dias



Desde que foram descobertas em 2007. Desde então, os pesquisadores descobriram evidências de mais de 100 FRBs. E agora, uma equipe de equipe de estudo internacional acredita que descobriu novas informações sobre uma FRB conhecida. a qual poderia lançar luz sobre como elas se formam.

Telescópio Lovell de 250 pés (76 m) de largura no Jodrell Bank Observatory, na Inglaterra, para estudar a FRB 121102, uma rajada de rádio repetida, anteriormente descoberta. Eles descobriram que a FRB 121102 – uma das duas FRBs repetidas conhecidos – parecia ter um ciclo peculiar, aumentando após 90 dias e depois desaparecendo por 67 dias.

FRB 180916.J10158 + 56, tem um ciclo muito mais curto em apenas 16 dias. Os cientistas publicaram suas observações em 7 de junho na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

Suspeitam que um tipo de estrela giratória de nêutrons chamada magnetar possa causar FRBs, outros sugeriram que podem ser o trabalho de civilizações extraterrestres se comunicando. Esta pesquisa mais recente pode ter descartado a teoria magnetar.

Sinal fornece uma restrição importante sobre a origem das explosões e os ciclos de atividades podem argumentar contra processos de uma estrela de nêutrons.


FONTE: OVNI HOJE

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem