CONFIRA

Atua Facebook pode deixar de existir na Europa


Preliminarmente a transferência de dados dos usuários europeus para os Estados Unidos. Caso esta decisão se mantenha, a rede social argumenta que não conseguirá manter seus serviços.

Comissão de Proteção de Dados irlandesa, que coordena as demais comissões de proteção de dados na União Europeia. A partir da implementação desta medida, a entidade quer impedir que os dados pessoais dos cidadãos saiam do continente.

Funcionamento e, caso esta decisão seja confirmada, outros serviços também serão afetados como o Instagram, que terá o mesmo fim.

Solucionado, afinal essas redes sociais são amplamente utilizadas pelos cidadãos europeus e sua interrupção pode gerar efeitos negativos para o governo.

Através de um recurso, conseguiu a suspensão da medida até que a disputa legal entre as partes se resolva. 

Tempo suficiente para se adaptar à decisão, uma vez que não teve conhecimento do processo. O Facebook ainda acusou o tribunal de imparcialidade, uma vez que outras empresas não serão afetadas pelo impedimento na mesma proporção.

 



FONTE: TECMUNDO

Postar um comentário

0 Comentários