Jipe-sonda Tianwen-1 da China

 


China, passará agora os próximos meses orbitando perto da superfície de Marte para obter imagens de alta resolução do planeta e estudar seu ambiente e campo magnético antes de finalmente tentar pousar, de acordo com o SpaceNews. Presumindo que a missão continue indo bem, a China está prestes a se tornar o segundo país a pousar com sucesso um veículo na superfície marciana.

Emirados Árabes Unidos, que chegou à órbita de Marte apenas um dia antes. Mas esta sonda permanecerá em órbita, acenando adeus enquanto Tianwen-1 e o jipe-sonda Perseverance da NASA, atualmente a caminho, finalmente descerão para a superfície.

De acordo com a SpaceNews, o orbitador Tianwen-1 deve sobreviver por um ano de Marte – 687 dias na Terra – e o seu jipe-sonda deve sobreviver por apenas 90 dias terrestres.

Zhang Xiaoping, pesquisador da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, à SpaceNews, é planejar com antecedência as missões tripuladas no futuro. Em particular, isso inclui mapear a localização do gelo na superfície marciana e abaixo dela.

Especialmente para o gelo de água enterrado. Isso nos permitiria estudar não apenas as estruturas geológicas subjacentes de Marte, mas também a potencial fonte de gelo de água que fornecerá a permanência humana a longo prazo.



FONTE: OVNI HOJE

Postar um comentário

0 Comentários