Médico da Bélgica liga alerta sobre condição

 


O problema também acendeu o sinal de alerta na seleção da Bélgica, uma das favoritas ao título da próxima Eurocopa. Há um receio sobre as condições em que o jogador chegará para a competição. Foi o que deixou transparecer o chefe do departamento da federação belga, Kristof Sas.

Algo preocupante. As lesões recentes de Praet, Mertens ou De Bruyne à essa altura não nos preocupam para a Euro, são até um descanso. Mas com o Hazard é diferente. É uma recaída crônica que, ao final, sempre termina mal - disse o médico, em entrevista "Nieuwsblad" publicada nesta quinta-feira.

Vicioso e não é fácil sair. A princípio era um problema no tornozelo, mas as últimas três lesões foram musculares.

Que chegou ao Real Madrid, em julho de 2019. Ele já havia se ausentado do treinamento de terça-feira e, como acusou dores na atividade desta quarta, o departamento de futebol do clube optou por realizar exames, que apontaram uma ruptura muscular.

7 será baixa por um período de três a quatro semanas. Já o “Marca” fala em quatro a seis semanas fora.

Gramados em novembro. Pelo Chelsea, entre 2012 e 2018, foram apenas oito lesões e 20 jogos em que esteve indisponível. Na temporada, Hazard fez 13 jogos (631 minutos) e anotou três gols.

Atacante, o médico da seleção da Bélgica declarou na mesma entrevista que Hazard deve estar totalmente recuperado a tempo da Eurocopa, que começa em junho.

Federação belga de futebol tem "sérias dúvidas" sobre os cuidados que o jogador recebe no Real Madrid. Considera-se que o departamento médico do clube espanhol não esteja acertando nos tratamentos, e que a federação deveria ser mais consultada.


FONTE: GLOBO ESPORTE

Postar um comentário

0 Comentários