Polo magnético da Terra está se movendo para rússia

 


Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) — organização dos EUA especializada em meteorologia e oceanografia. O relatório sobre a localização do polo norte magnético da Terra voltou a ressaltar que seus movimentos rumo à Sibéria, na Rússia, continuam mudando rapidamente. Segundo o documento, nos últimos 20 anos a média da velocidade dessa atividade era de 55 km por ano; agora os pesquisadores do instituto constaram que ela passou para 40 km.

Formal em 1831, o polo norte magnético percorreu cerca de 2.250 km. Essa perambulação geralmente tem sido bastante lenta, permitindo que os cientistas controlem sua posição com bastante facilidade. Na virada do século, essa velocidade aumentou”, disse o estudo.

Fenômeno tenha se elevado por um tempo, deve seguir uma escala decrescente daqui para frente. Também revela que a declinação nesse sentido teve deslocamento de um pouco mais de 2,5° nos últimos 22 anos.

Magnético se locomove com frequência, partindo nos últimos anos do Canadá, onde se enfraqueceu, em direção à Sibéria. Logo, não deve ser confundido com o ponto geográfico extremo do planeta, ao ter relação, portanto, com o campo magnético.

Anos para fornecer dados recentes e confiáveis para mapas, bússolas e ferramentas de GPS. Logo, é usado para rastreamento de satélite, orientação do tráfego aéreo e urbano, além de serviços de comunicação em todo mundo.


FONTE: TECMUNDO


Postar um comentário

0 Comentários