Trending

Check-up avanço da vacinação contra covid


50% da população completamente vacinada contra a covid-19.O número demonstra o avanço da imunização no país, e os dados de novos casos e mortes causadas pela doença em constante queda nas últimas semanas trazem ainda mais esperança de que a pandemia pode chegar ao fim.

Chances de ter a doença na forma grave e morrer com o vírus são drasticamente reduzidas depois da imunização completa. Assim, as vacinas são, até o momento, a melhor maneira para combater a pandemia que já deixou marcas sociais e econômicas profundas no país.

Enquanto, medidas de prevenção como distanciamento físico, uso de máscara e higiene das mãos ainda são necessárias. No entanto, alguns governos estaduais, como é o caso de São Paulo, ensaiam o fim de mais restrições para os próximos meses, seguindo os números positivos mais recentes da pandemia.

Excelentes resultados em um estudo feito com crianças de 5 a 11 anos de idade.

Teve eficácia superior a 90% para prevenir uma infecção sintomática nesta faixa etária. Após a divulgação dos dados, a agência regulatória dos Estados Unidos (FDA) publicou um comunicado dizendo que a vacina cumpre os critérios para aplicação em crianças. A agência lembrou que há um risco de miocardite (inflamação no coração) nos mais jovens que recebem a vacina, mas esse risco é muito menor do que os danos que a doença pode causar.

Liberação para uso da vacina em crianças de 5 a 11 anos de idade é esperada para o próximo mês.

Realização de estudos clínicos (em humanos) de fase I e II da vacina contra covid-19 administrada na forma de spray nasal. O fármaco foi desenvolvido no Brasil pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP (InCor) e é inédito no mundo.

Transplante de um rim de porco para uma paciente humana com sucesso, sem que o corpo rejeitasse o novo órgão. O anúncio da cirurgia foi feito na quarta-feira (20).

Centro médico acadêmico NYU Langone Health. O rim usado no procedimento veio de um porco modificado geneticamente para eliminar as moléculas que poderiam levar à rejeição do órgão na paciente humana, segundo informações da agência de notícias Reuters.



FONTE: TECMUNDO

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem