Trending

EUA apertam cerco contra empresas chinesas

 


Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, assinou a Lei de Equipamentos Seguros, que determina que a Comissão Federal de Comunicações (FCC) estabeleça regras para não mais analisar ou aprovar pedidos de autorização para equipamentos que representem riscos para a segurança nacional.

Unanimidade pelos senadores e com uma votação esmagadora dos deputados dos EUA. A medida representa mais um esforço do governo norte americano de restringir a atividade das empresas chinesas de telecomunicações e tecnologia.

Mais dificuldades para as companhias chinesas para atuar nos Estados Unidos. A Huawei, por exemplo, já sofre restrições no mercado norte americano há três anos e não pode contratar serviços do Google, fabricar seus próprios chips, entre outras atividades.

Ajudará a garantir que equipamentos inseguros de empresas como Huawei e ZTE não possam mais ser inseridos nas redes de comunicações dos EUA".

Regras para exigir que as operadoras de telecomunicações dos EUA retirem e substituam equipamentos fornecidos por empresas "autorizadas". Embora essa tenha sido uma etapa importante, essas regras se aplicam apenas a equipamentos adquiridos com financiamento federal.

Ampla e impede que os dispositivos sem a aprovação da FCC sejam vendidos ou importados no mercado norte americano, inclusive por meio de plataformas de comércio eletrônico como a Amazon.



FONTE: TECMUNDO


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem