CONFIRA

Israel começa estudo de efeitos da quarta dose

 


Quarta dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer em seis mil pessoas, incluindo 150 profissionais da saúde. A ação faz parte de um estudo clínico inédito que pretende verificar a eficácia e necessidade de mais um reforço do imunizante para controlar a infeccção pelo SARS-CoV-2 e suas variantes. 



Confirmados da Ômicron, de rápida disseminação, com o número de pessoas infectadas dobrando a cada dois dias.



Recomendou a aplicação de uma quarta dose da Pfizer aos israelenses com 60 anos ou mais que receberam uma injeção de reforço há pelo menos quatro meses.




Ministério, ainda não aprovou mais um reforço porque está acontecendo um debate público para checar se há informações científicas suficientes disponíveis para justificar um novo impulso de reforço.




Ash deve tomar uma decisão ainda essa semana. A imprensa também diz que Naftali Bennett, primeiro-ministro, pretendia começar a aplicação das doses adicionais o mais rápido possível, mas reconheceu que o diretor-geral do ministério tem a palavra final sobre o assunto.


Quarta dose sobre o nível de anticorpos e morbidade e avaliar sua segurança", disse Gili Regev-Yochay, o diretor do estudo, segundo a agência. "Vamos entender se vale a pena administrar um quarto tiro e a quem."



Médica de Sheba que participarão do teste receberam injeções de reforço até 20 de agosto.






FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ...........

Postar um comentário

0 Comentários