CONFIRA

Vivaldi critica Microsoft por forçar Edge

 


Opera, Jon von Tetzchner, criticou duramente as atitudes da Microsoft para fazer com que os usuários não troquem o browser padrão e utilizem o Edge para navegar na internet no Windows 11 e Windows 10.



Executivo relembra que essa é uma prática anticompetitiva clássica da companhia, que fazia algo parecido com o Internet Explorer e foi até investigada por suspeita de monopólio na década de 1990, mas parecia ter aprendido a lição e reduzido essas malandragens.




Windows e "sugerem" que você não utilize outro navegador a não ser o Microsoft Edge, em especial o "tão 2008" Google Chrome, irritaram von Tetzchner e o motivaram a escrever a publicação.



Barreiras, incluindo um recado de que "não há necessidade de baixar" outro navegador. "As ações da Microsoft parecem desesperadas. E familiares. Está claro que eles não querem você usando outros navegadores", diz o CEO, acusando a marca de monopólio.




Browser a partir do Microsoft Rewards. Esse não é o comportamento de uma empresa confiante que desenvolve um navegador superior. É o comportamento de uma empresa abertamente abusando da sua posição de poder para empurrar pessoas ao uso do seu produto inferior, simplesmente porque ela pode", explica.


Espalhem as críticas pelas redes sociais e enviem reclamações formais para autoridades reguladoras caso sejam dos Estados Unidos ou Europa. Recentemente, a Microsoft reconheceu que realiza algumas dessas atitudes e até facilitou troca de navegador padrão no Windows 11.








FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ...........

Postar um comentário

0 Comentários