Congonhas testa embarque por biometria facial

 


Embarque por reconhecimento facial biométrico para tripulantes, conforme anunciou a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) nessa sexta-feira (19). A proposta é tornar o processo mais ágil, eficiente e seguro para pilotos e comissários de bordo.





Embarque + Seguro 100% Digital” do governo federal, a tecnologia permite aos tripulantes embarcar para o trabalho apenas usando a biometria facial em um equipamento específico. Dessa forma, eles ficam dispensados de apresentar os documentos de identificação no momento de acesso à sala de embarque e aeronaves.





Profissionais passam pelo equipamento de leitura biométrica. Após a coleta dos dados, o dispositivo valida as informações, acessando a base de dados do documento de identificação dos tripulantes (CHT Digital).



Entrada na ARS do aeroporto é liberada imediatamente. Mas caso haja algum problema na identificação, o profissional precisa apresentar o documento para conferência manual do agente de controle de acesso.




Tripulantes das companhias aéreas Gol, Azul e LATAM baseados em Congonhas. A previsão é de que as avaliações durem 15 dias, com possibilidade de ampliação do período e uso da tecnologia também no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.




Ministério da Infraestrutura (Minfra), em parceria com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), operadoras de aeroportos, empresas aéreas e de tecnologia, entre outros participantes. De acordo com a Infraero, o acesso por biometria facial para tripulantes em Congonhas não dispensa a realização da inspeção de segurança aeroportuária.





FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ..........

Postar um comentário

0 Comentários