Estado de SP ainda tem capacidade para novas internações

 


UTI (Unidade de Terapia Intensiva) tem capacidade de absorção de novos casos de Covid-19. A pasta afirmou que mantém o monitoramento do cenário epidemiológico em todas as regiões e, caso necessário, pode ativar novos leitos em parceria com os municípios.







6 mil leitos de enfermaria, com ocupação média de 39,8%, e cerca de 4 mil leitos de UTI, com ocupação de 37,3%. “Preventivamente, a Secretaria de Estado da Saúde desacelerou em janeiro qualquer redirecionamento dos leitos exclusivos para a assistência do coronavírus e, se necessário, ampliará a assistência exclusiva”, disse, em nota, a secretaria.







Contabilização de casos, o estado vem observando um aumento de casos e de internações por Srag (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Esses casos, segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, englobavam não só as confirmações de Covid-19, mas também de H3N2 e de outros vírus respiratórios.








Semana de 2021, em comparação à semana anterior. Segundo os dados nacionais da Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias), 283.763 testagens foram realizadas entre os dias 27 de dezembro e 2 de janeiro, número 50% superior aos 188.545 atendimentos ocorridos de 20 a 26 de dezembro. A quantidade de resultados positivos pulou de 22.283 (11,8% do total) para 94.540 (33,3%).





FONTE: R7 ,DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO NOSSO CONTEÚDO GALERA ..........

Postar um comentário

0 Comentários