O que esperar do mercado de GPUs para ano de 2022

 


Delas não muito animadoras. Para começar 2022 com as expectativas ajustadas,do que os próximos 12 meses reservam para cenário das placas de vídeo voltadas para jogos.






Compatíveis com PCI Express 5.0, a Intel está chegando com uma proposta mais modesta, mas também mais adequada ao cenário de crise que ainda irá afetar todo o mercado de eletrônicos.






Complexo para o mercado dos semicondutores de maneira geral. De acordo com o CEO da Intel, Pat Gelsinger, o equilíbrio entre a disponibilidade e demanda de chips só deve ser atingido em 2023.




Falta de chips vai impactar o mercado em 2022
Chips deve durar até 2023, diz CEO da Intel




Ainda em recuperação, continuará a afetar estoques e inflar valores. A chegada dos novos processadores Intel Alder Lake introduziu ainda outro fator a essa equação preocupante com o novo barramento PCIe 5.0, que pode afetar ainda mais os preços.





Significativo, a fabricação de placas-mãe com suporte à nova tecnologia exige muito mais pistas PCIe de alta qualidade, encarecendo consideravelmente os projetos.




Arquiteturas de GPUs Nvidia e AMD chegando ao mercado, a barreira para entrar na próxima geração começa em montar um setup completamente novo compatível com PCIe 5.0.





GeForce RTX 4000 até o fim do ano, mas modelos podem custar até o dobro dos atuais. Muitos jogadores ainda estão presos a gerações muito antigas de GPUs, e com as atuais placas de entrada com preços exorbitantes, a saída para tentar atualizar a basa instalada é investir em novos modelos mais simples.






Estão previstas para 27 de janeiro, com preço sugerido de US$ 300 e desempenho acima das RTX 2060 12 GB, que, teoricamente, seriam a resposta mais barata da Nvidia para o segmento, mas se tornaram a mais nova queridinha dos mineradores.





Zen4 em 2022, trazendo a conexão PCIe 5.0 também para seu ecossistema. Dessa forma é natural que a nova geração de GPUs RDNA3 sigam a mesma linha da Nvidia e utilizem esses barramentos.




Devem utilizar conexão PCIe 5.0 para aproveitar seu potencial máximo. Isso quer dizer que a transição para a nova geração deve ficar tão cara quanto da Nvidia. Para tentar contornar o problema da falta de chips, a empresa também deve investir em modelos mais baratos.





Largura de banda de 128 GB/s, está prevista para janeiro. Já a RX 6400, também com 4GB e largura de banda de 112 GB/s, é uma placa OEM para sistemas pré-montados e só deve chegar ao mercado a partir de março.







FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ..........

Postar um comentário

0 Comentários