Ômicron mundo ultrapassa 300 milhões de casos de Covid-19 - 2022

 


Ultrapassou a barreira dos 300 milhões nesta sexta-feira(7), momento em que todos os países lutam contra a disseminação da variante Ômicron e aumentam as campanhas de vacinação.





Base em balanços oficiais, pelo menos 300.042.439 casos de infecção foram diagnosticados desde que o escritório da OMS na China registrou o aparecimento da doença no final de dezembro de 2019.





Semanas após a descoberta da variante Ômicron em Botswana e na África do Sul, enfrenta atualmente uma quarta onda com recordes de contaminações.





Enquanto não é acompanhado por um aumento global de mortes.





Analisou nesta sexta-feira as impugnações à tentativa do presidente Joe Biden de obrigar milhões de trabalhadores no país a serem vacinados contra a Covid-19 para impedir a propagação da pandemia.



Pessoas morreram”, lembrou a juíza Elena Kagan.




Saúde pública que este país enfrentou no último século. E esta é a política que mais visa impedir tudo isso”, acrescentou.




Texas que representa associações empresariais, disse que a regra que exige que os funcionários de empresas com mais de 100 pessoas sejam vacinados levaria muitos trabalhadores a pedir demissão.






Permanente de trabalhadores, o que afetaria nossa economia nacional”, disse Keller.




Cafés voltará a ser restrito, mas os períodos de quarentena serão flexibilizados para evitar uma possível paralisação do país, anunciou o chanceler Olaf Scholz.




Clientes de restaurantes, cafés e bares deverão, além do certificado de vacinação ou cura, apresentar um teste negativo feito no dia. Aqueles que já receberam a terceira dose não precisarão fazer o teste.





Testou positivo para Covid-19, apesar das três doses da vacina, mas não desenvolveu sintomas, anunciou o Ministério das Relações Exteriores.




Emmanuel Macron reafirmou "plenamente" suas polêmicas declarações de terça-feira sobre os não vacinados, a quem quer "irritar", em entrevista coletiva no Eliseu com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.





Pedido de cancelamento de um grande festival hindu, apesar do temor de que a multidão pudesse espalhar a epidemia, em um país marcado pelo aumento de casos devido à variante Ômicron.




Confluência do Ganges e da Baía de Bengala a partir de sábado, durante o festival Gangasagar Mela, para se banhar por ocasião do Makar Sankranti, o dia sagrado do calendário hindu.







FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO NOSSO CONTEÚDO GALERA ..........

Postar um comentário

0 Comentários