Trending

Inflação e desemprego deixam saída da recessão

 


PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, se mostra insuficiente para impulsionar a economia brasileira no quarto trimestre de 2021 e tirar o Brasil da situação de recessão técnica.







Com inflação, desemprego e taxa básica de juros em patamares ainda elevados. A combinação conta ainda com incertezas devido à disseminação da variante Ômicron do coronavírus em território nacional.






Período com duas retrações trimestrais consecutivas da economia, é necessário que a soma de todos os bens e serviços produzidos no país tenha apresentado crescimento entre os meses de outubro e dezembro.








Partir do recuo de 5,8% produção industrial nos últimos três meses do ano passado, na comparação com o já negativo terceiro trimestre (-1,1%). Restam agora os dados relativos ao agronegócio, à indústria e aos serviços para descobrir a situação econômica ao final do ano passado.







BRA, João Beck, afirma ser difícil acreditar em um resultado positivo os últimos três meses de 2021. "As perspectivas já eram de queda meses atrás e ainda saíram novos dados de desemprego, atividade da indústria e queda de serviços", avalia ele.






FONTE: CONTEÚDO CRIADO POR BRASIL NOTICIAS ONLINE 1
 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem