Mulheres na ciência Brasil tem maioria feminina

 


Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015, celebra a importância e excelência feminina na pesquisa e meio acadêmico. Aqui no Brasil, elas são maioria: correspondem a 54,2% de um total de 395.870 matriculados em mestrados e doutorados. Entre os contemplados por bolsas de estudo pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), elas somam 58%.





Pesquisa inovador, que tem à frente a mestranda Ianca Oliveira Borges, bolsista do Programa de Demanda Social da Fundação, na Universidade Federal de Lavras (Ufla), e postagens de cientistas brasileiras que buscam tornar o mundo melhor com uma pesquisa de cada vez.....







Adesivados, que podem ser utilizados na construção. Assim, o destino do resíduo gerado na produção da commodity não é mais o lixo. Para ter uma ideia da relevância da proposta, cada tonelada de soja produzida gera impressionantes 2,5 mil toneladas de resíduos.






Celebração à pesquisa e às mulheres, que se destacam em um universo antes dominado pelos homens. Confira os posts de algumas delas a seguir.










FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ..........
Reactions

Postar um comentário

0 Comentários