Trending

Coinbase bloqueia 25 mil endereços de pessoas

 


Sanções econômicas impostas à Rússia pela invasão à Ucrânia, a Coinbase, casa de câmbio digital estabelecida em São Francisco, nos EUA, anunciou na segunda-feira (7) em seu blog o bloqueio de mais de 25 mil endereços vinculados a cidadãos ou entidades russas supostamente envolvidos em atividades ilícitas.







Especificamente relacionada com a guerra em curso no leste europeu, sendo que a maioria dos endereços foi identificada antes do início do conflito. De acordo com o executivo, não houve sequer aumento de movimentações suspeitas após o fatídico dia 24 de fevereiro.






Foram compartilhados com o governo norte-americano também no sentido de apoiar a aplicação das sanções à Rússia. A ideia é que a Coinbase desempenhe um claro papel de apoio às "sanções econômicas críticas" contra indivíduos e entidades com ligações com os invasores.






Em complemento ao bloqueio e à denúncia às autoridades dos EUA, a exchange está adotando procedimentos para impedir o acesso aos atores suspensos, detectar tentativas de evasão e antecipar ameaças. Isso envolve até mesmo o rastreamento de endereços IP de determinadas regiões.







Própria tecnologia da criptografia. Para a Coinbase, “os ativos digitais têm propriedades que naturalmente impedem abordagens comuns à evasão de sanções”, principalmente porque, além de rastreáveis, os sistemas blockchain são permanentes e imutáveis.








FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ..........


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem