Trending

Ucrânia rejeita corredores humanitários para Belarus e Rússia

 


Rússia, propostos por Moscou, anunciou nesta segunda-feira (7) a vice-primeira-ministra ucraniana Iryna Vereschuk.





Ela afirmou que os civis retirados das cidades de Kharkiv, Kiev, Mariupol e Sumy "não irão para Belarus, para em seguida embarcar em um avião e seguir para Rússia".






Russa já passa de 1,5 milhão. "Esta é a crise de refugiados que mais cresce na Europa desde o fim da Segunda Guerra Mundial", disse o alto-comissário da ONU para refugiados, Filippo Grandi, à Reuters, em entrevista por telefone.





Pessoas vindas da Ucrânia desde 24 de fevereiro, primeiro dia da invasão russa, segundo autoridades da fronteira.






Civil da cidade costeira de Mariupol (sul da Ucrânia) não conseguiu sair, após o segundo fracasso da operação de retirada. O governador da região, Pavlo Kirilenko, disse em uma publicação no facebook que "os russos reagruparam suas forças e começaram a bombardear a cidade".









FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ..........


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem