Meta AR óculos de realidade aumentada

 


Vindouros óculos de realidade aumentada (AR) da Meta, que podem ser mais uma porta de entrada para o metaverso. Através de fontes confidenciais, o site revelou que a empresa de Mark Zuckerberg deve apresentar a primeira geração do acessório ainda em 2024, um prazo relativamente curto que estaria reunindo os esforços nas equipes internas de desenvolvimento.







Desenvolvimento do vestível através do Fuchsia OS e adotar de vez o sistema operacional Android. Sem muitos detalhes compartilhados, a fonte sugere que os novos Óculos AR devem possuir um design "socialmente aceito", com uma armação larga na cor preta, lembrando o utilizado pelo alter-ego do Super-Homem, Clark Kent, quando disfarçado conforme explica o rumor.








Dispositivo deve ser equipada com câmeras frontais e rastreamento ocular, além de um sistema de som estéreo. Oferecendo algum nível de imersão, o modelo ainda teria projetores de microLED funcionando como uma tela. Ao todo, o conjunto deve pesar 100 gramas, cerca de quatro vezes mais que óculos comuns, segundo o 9to5 Google.







Buscando oferecer um grau superior de controle. A suposta novidade seria fruto da aquisição da CTRL-Labs, em 2019, e utilizaria eletromiografia (EMG) para medir pulsos dos neurônios do braço e criar "movimentos fantasmas" para intergagir com os óculos AR. Caso bem recebidos, os modelos serão atualizados a cada dois anos para um geração superior.









Meta também parece estar desenvolvendo outros óculos AR mais baratos, chamados "Hypernova", para 2024. O modelo seria usado para receber notificações e exigiria uma conexão constante a um celular.










FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE NOSSO SITE COMPARTILHANDO CONTEÚDO NOSSO GALERA ..........

Postar um comentário

0 Comentários