Trending

Mudanças climáticas onda de calor mortal

 

Exemplo do que ocorreu nos países ibéricos, poderá bater todos os recordes nacionais de temperaturas altas, causando milhares de mortes.

No sábado (16), a CBS divulgou que o Instituto de Saúde Carlos III, da Espanha, que registra as mortes diárias do que vem sendo chamado de “segunda onda de calor do verão”, 360 pessoas morreram como consequência da elevação brutal das temperaturas no país, no período de 10 a 15 de julho.

Picos inéditos, e seguidos, de 43º C.

Foram obrigadas a abandonar suas casas em Portugal, Espanha e França, enquanto bombeiros passaram a combater incêndios florestais provocados pela onda de calor.

Vigor desde o dia 10, com mais de 2 mil bombeiros combatendo 28 incêndios.

Já na Espanha, os bombeiros combateram a propagação do fogo em mais de 4 mil hectares de terra.

Extremadura, local em que o fogo atingiu o parque de Monfragüe, famoso por sua biodiversidade e avifauna.


FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE O NOSSO SITE COMPARTILHANDO NOSSOS CONTEÚDOS .....

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem