PM e iFood farão acordo para evitar roubos

 

Bandidos disfarçados de entregadores. De acordo com o jornal carioca Extra, uma reunião teria sido marcada para a semana que vem, para traçar estratégias de combate a esse tipo de assalto, que ocorre também em outras cidades.

Instalação, nas motos de entrega, de algum dispositivo de segurança, como foi feito pela Uber. Na quarta-feira (29), foi aprovada a integração entre o app da plataforma e o serviço 190 da PM do Rio de Janeiro, após 40 dias de testes na Baixada Fluminense.

Consiste em um botão de alerta disponível no aplicativo, que pode ser acionado tanto pelo motorista, quanto pelo passageiro em situações de emergência. No caso do iFood, “seria importante que as bags tivessem algum tipo de identificação, como uma numeração vinculada à carteira de motoristas”, sugere o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci, no site da associação de restaurantes.

Durante as ações, os assaltantes usam coletes e carregam bolsas térmicas com o logotipo da empresa. A abordagem geralmente não levanta suspeitas, uma vez que as vítimas presumem se tratar de um motoboy a serviço do delivery.

Em duplas, têm sido capturadas por câmeras de segurança e compartilhadas nas redes sociais. Geralmente, as vítimas estão caminhando na calçada quando são abordadas pelos falsos motoboys. Um deles faz a abordagem enquanto o outro recolhe os pertences.



FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE O NOSSO SITE COMPARTILHANDO NOSSOS CONTEÚDOS .....


Postar um comentário

0 Comentários