Elon Musk assume o Twitter e demite executivos

 

O anúncio do acordo de aquisição da rede social foi anunciado em abril, embora o bilionário tenha formalizado sua desistência em julho. O negócio, avaliado em US$ 44 bilhões (US$ 54,20 por ação), foi levado a um tribunal de Delaware para que fosse finalizado.

Jornalista David Faber, da CNBC, o negócio foi concretizado ainda hoje. Musk tinha até a sexta-feira (28) para concluir o processo, data limite imposta pelo tribunal para que ambas as partes entrassem em acordo.

Como uma das primeiras decisões a demissão de executivos do alto escalão do Twitter. Entre eles o CEO Parag Agrawal, o CFO Ned Segal e a chefe de política legal, confiança e segurança Vijaya Gadde.

Por causa das acusações do CEO da Tesla de que a plataforma estaria mentindo sobre a quantidade real de contas falsas, bots e spam.

Mas, sim, "porque é importante, para o futuro da civilização, termos um centro digital comum, onde uma grande parte das crenças possam ser debatidas de forma saudável, sem violência".

Recebeu US$ 38,7 milhões na demissão. Segal teria recebido US$ 24,5 milhões, enquanto Gadde, US$ 12,5 milhões. Sarah Personette, diretora de clientes e que também foi demitida, recebeu US$ 11,2 milhões.

Marcado para setembro e depois postergado para 6 e 7 de outubro, ele daria respostas sobre a aquisição, mas dias antes informou que cumpriria a compra. Entretanto, o depoimento foi adiado após Musk voltar atrás e afirmar que fecharia a compra. Nesse processo, as ações da empresa chegaram a despencar e estão avaliadas, na noite de hoje, US$ 53,70.



FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE O NOSSO SITE COMPARTILHANDO NOSSOS CONTEÚDOS .....
Reactions

Postar um comentário

0 Comentários