Vítimas do Sheik dos Bitcoins querem avião

Atualmente sob a guarda do artista, também enganado na fraude. O esquema de pirâmide financeira liderado pela empresa de Francisley Valdevino da Silva, nome verdadeiro do “Sheik”, foi alvo de operação da Polícia Federal (PF) no início do mês.

Aeronave foi recebida por Safadão como garantia de pagamento pela quantia investida no empreendimento de Silva. Além disso, os advogados do cantor alegam que ele assumiu parcelas pendentes do financiamento do jatinho.

Avião para o seu nome, ainda não concluído, junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Já a defesa do réu informou que o bem não tinha qualquer impedimento no momento da venda para Wesley.

Empresário como garantia de pagamento. O avião faz parte do patrimônio, mas o cantor conseguiu suspender a decisão, de forma liminar, mantendo sua posse.

Movimentado aproximadamente R$ 4 bilhões em golpes com criptomoedas, lavagem de ativos e crimes contra o sistema financeiro. Ele se apresentava como gerente de uma empresa de criptoativos que prometia retornos de até 20% do valor investido.

Possa haver até 30 mil vítimas, enquanto as autoridades policiais acreditam em um número menor, de aproximadamente 15 mil. Além de Safadão, outra celebridade enganada pelo Sheik dos Bitcoins foi a modelo Sasha Meneghel. A filha da Xuxa teria perdido R$ 1,2 milhão na fraude. 



FONTE: DIA BRASIL NEWS, AJUDE O NOSSO SITE COMPARTILHANDO NOSSOS CONTEÚDOS .....
Reactions

Postar um comentário

0 Comentários